Ser professora...


Nesta profissão, que para muitos é bela e para outros nem tanto, nada é fácil. Muito do tempo é gasto com planejamento, estudo, reuniões, aulas, momentos integradores... Nunca se é professor parcialmente, se é por inteiro. Como disse uma vez uma professora de psicologia da educação: "Nunca se deixa de ser professor. Uma vez professor, sempre se vê como um". Concordo plenamente. Nunca observo um livro, um objeto, uma sucata como um destes, mas já penso nas possibilidades pedagógicas, para qual aluno isto seria positivo, em tal aluno que adora aquele assunto... Professor na educação infantil e nas séries iniciais a intensidade disto tudo é maior ainda. Estou sempre em busca de novidades, de estudo, de livros, de materiais interessantes para ampliar minha prática pedagógica e tornar minhas aulas mais atrativas, criativas e dinâmicas. Não é fácil. Há a falta de tempo, os problemas estruturais na escola, os obstáculos da indisciplina, a distância da família, os desafios da realidade social... Enfim, é deverás difícil ser professor em nossa sociedade. Há tantos outros estímulos, vontades e distrações que fica quase impossível atrair os alunos para o aprendizado, mesmo com a constante busca pela dinâmica e a criatividade nas aulas. Apesar de todos estes problemas, obstáculos e dificuldades na prática pedagógica, existem algumas vantagens que fazem valer a pena ser professor. Aquela flor arrancada do jardim, aquele doce oferecido com amor, aquele sorriso de satisfação ao resolver uma atividade difícil, aquele abraço gostoso de quem gosta de verdade, aquele beijo de obrigado por você ser especial, aquelas palavras carinhosas de quem aprende muito contigo... É capital simbólico, pouco valorizado em nossa sociedade, mas para mim, não há nada melhor do que isto. Quem não se delicia com aquela expressão "te adoro", seguida de um beijo sincero depois de uma semana cansativa e conturbada?

(Imagem: minhas alunas do segundo ano jogando memória ^^)

9 comentários:

Luana Farias disse...

Nossa eu adooro dar aula, eu arresem estou no segundo ano do magistério mas já sei que é isso que quero, e olha que a gente suaaa.


Bjs

Priih disse...

Imagino como deve ser difícil ser professor nos dias de hoje Endry.
É uma profissão que não é mais tão valorizada assim, infelizmente. Eu tive muitos bons professores dos quais sou grata até hoje, mas tive muitos ruins também.
Acho uma profissão super digna, e que a pessoa que deseja seguir ela deve ser dotada de paciência. Mas acima de tudo gostar né?
Quando a gente gosta nada importa!

=*

Ana C. Nonato disse...

Olá!

Tenho orgulho de ver que, mesmo que desvalorizada, os professores não desistem. E nem deveriam! Um país para se expandir necessita da educação.

Abraços!

Ana Martins disse...

Eu acho essa profissão muuuito bonita. Admiro os proefessores, que escolheram aprofissão por amor. Eles são essenciais em nossas vidas. Infelizmente não sao tão valorizados quanto realmente mereceriam.
Vc escolheu uma bela profissão, tenha certeza disso.
Beijos

Babi Lorentz disse...

Dou aula de inglês em cursinho desde agosto do ano passado e eu sou simplesmente apaixonada pelo que faço, mesmo passando raiva em vários momentos, ao perceber a dificuldade que meus alunos têm. Quando me vejo nervosa, coloco na minha cabeça que preciso ajudá-los e é isso o que eu faço. É tão bom ver aquela dificuldade se esvaindo dos meus alunos, aquelas dúvidas sendo sanadas... Sou simplesmente louca por meus alunos. Amo minha profissão e tenho orgulho do que faço. Pretendo terminar minha faculdade de Letras e continuar fazendo isso e apenas isso.
Beijão e ótimo texto

Effy disse...

Sem dúvidas é uma das profissões mais bonitas que há, porém devido ao seu baixo remuneramento, muitos na escolha de sua carreira não optam por esta.Acho que os professores deveriam ganhar muito bem, pois eles depois de nossos pais, são a base de tudo!

Vou ser cara de pau e te convidar a participar da promoção do livro " Eu sou o número 4" http://migre.me/4mzuJ que esta rolando em meu blo, caso tenha interesse, seria um prazer tê-la participando!

^^

Ótimo Post!

Amanda disse...

"aquela flor arrancada do jardim" nossa, que saudade que deu dos meus pequenos! todo dia eu ganhava quase um buquê. hahaha
de verdade, essa é a profissão que mais respeito. por todos os grandes exemplos de homens e mulheres que tive como professores, pela dedicação da minha mãe, pela luta do meu irmão e pela minha experiência (que foi curta, mas imensa).

Kamila Raupp disse...

Que texto lindo, falou tudo! Imaginei minha mãe falando, pois ela pensa e age da mesma forma citada ai em cima.
Não vejo a hora de poder começar a lecionar *-*

Beijão, Kamila.

Raúla Yasmin disse...

Que texto lindo!
Sou mais uma que acha que os professores deveriam ser mais valorizados.
É uma profissão linda, e só faz bem aquele que faz com amor.
Estou pensando em seguir essa profissão, quem sabe, né? :)
Parabéns, teu blog é lindo, Endry!
Beijos :*