Eu li: Um lugar para ficar - Deb Caletti

Livro: Um lugar para ficar
Autora: Deb Caletti
Editora: Novo Conceito (parceira do blog)
Páginas: 272
Sinopse: O relacionamento de Clara com Christian é intenso desde o começo e diferente de tudo o que ela já havia experimentado. No entanto, o que começa como um grande afeto rapidamente se transforma em obsessão, e já é muito tarde quando Clara percebe que as coisas foram longe demais e que Christian está disposto a fazer de tudo para ficar ao seu lado. Então, Clara parte da cidade e Christian fica para trás. Ninguém sabe onde ela está, mas, mesmo assim, Clara ainda luta para se livrar do medo. Ela sabe que Christian não vai permitir que ela suma tão facilmente. Não importa para onde ela vá, nunca será longe o bastante...

"Você cuida das pessoas que ama, mas também é verdade que você cuida das coisas que você tem." (pág. 64)

O livro "Um lugar para ficar" já tinha me ganhado somente pela capa e pelos trechos que vi pela sinopse, na caixinha linda que a Editora Novo Conceito enviou... Este foi o primeiro livro dessa autora que li, mas havia visto vários comentários posistivos dela, na época que a NC lançou. A história de Clara e Christian é contada aos poucos, sendo que num capítulo a autora escreve sobre o passado, no outro sobre o presente, sucessivamente, até que a história se "encontra" e temos o desenrolar de todo esse amor obsessivo. Clara é órfã, vive com o pai que é escritor. Quero dizer que amei este fato! rs :) O pai da Clara é ótimo, me cativou demais. A Clara é uma menina tranquila, mas que ao se apaixonar, deixa-se levar pelo sentimento e não percebe (ou percebe quase tarde demais) que aquele sentimento fazia mal. O Christian é do tipo doentio, que não se mostra todo o tempo (aliás, acredito que na "vida real" também seja assim), mas que em sutis situações ele começa a demonstrar sua obsessão pela Clara. Clara parte com seu pai para uma praia e ninguém sabe onde eles estão. Tudo isso para que o Christian não vá atrás deles.

"Eu tinha medo de perdê-lo. Não apenas a ele, mas a um novo tipo de vida, uma excitação cheia de esperanças, um novo eu, cheio de magias e capacidade de enfeitiçar. Poder. E a ideia desta perda, o sentimento horrível de pânico... eu também tinha sentido. É importante ser honesta, eu tinha experimentado isso também." (pág. 69)

Eu adorei este livro! A autora escreve muito bem, e a leitura flui muito bem. Ela consegue escrever muito bem sobre sentimentos, sobre relacionamentos... Outra coisa que adorei é que a autora colocou notas de rodapé, como se a própria Clara (é ela que narra o livro) estivesse nos dando dicas, nos explicando melhor sua história... Eu achei muito bacana! Recomendo a todos, é realmente um livro muito bom!

"Já ouvi dizer que pessoas permanecem num relacionamento ruim porque uma situação ruim como esta vai acontecendo aos poucos. Dizem que um sapo pula pra fora de uma panela de água fervente. Porém, se o colocarmos numa panela e deixar o fogo aquecê-la devagar, ele vai ficar até morrer cozido. Nós, sapos, entendemos bem disso." (pág. 118)

"A gente pega mau humor, do mesmo modo que pega gripe. Esse tipo de estado de espírito é muito fácil de passar para outra pessoa. A alegria não é tão contagiante quanto o desespero." (pág. 149)

Espero que tenham gostado! :)
Beijo grande,
Endryelle Santos.

9 comentários:

Irla Mirelly :* disse...

O livro deve ser boooom!
Gostei de ler alguns trechos (:

Pois é, mau humor contagia mesmo, e isso é uma pena /;

Beijos lindona :*

Marcelle Dantas disse...

Oi Endry!

Eu adorei essa capa também, com certeza ela é um fator que fisga o leitor a primeira olhada, rs. Não sei a que ponto essa estória poderia ser interessante para mim, mas com certeza quero ler!

Beijos,

Marcelle

Deborah disse...

Para variar, amei a resenha, Endry! Já me interessei pelo livro quando li a sinopse (é diferente de todos que já li até agora... acho que nunca li um livro com essa temática, o que o torna ainda mais interessante), a resenha me ajudou a querer (ainda mais!) lê-lo!

Bjs!

Preto no Branco disse...

Adoorei a resenha, a capa e amo a editora.
Gostei do detalhe que você nos relatou, que a autora escreve nas páginas de modo que pareça que a personagem conversando conosco, acho isso magnífico, rs.
Beeijo Endry :*
tem post novo lá :*

Vickawaii disse...

Wow, amor obsessivo o_o Eu acho esse tema bastante complicado e por esse motivo me interessei pelo livro, sua resenha me deixou curiosa! Adorei a resenha, vou procurar ler :3

Beijos, Vickawaii
http://finding-neverland.zip.net

Helana disse...

Uma coisa que curti muito no livro foi a relação de pai e filha, me ganhou por isso. Adorei Bobby

Débora Jacqueline disse...

Olá,Endry!Td bem?
Ainda não li o livro mas,já tinha lido resenhas sobre ele,e todas foram positivas.
Quero muito lê-lo.Parabéns pela resenha.
Bjo;D

Jaqueline Silva disse...

A capa não me chamou atenção, mas sua resenha me convenceu de que tenho que começar a lê-lo logo *--*

lovely melody disse...

Oi, Endry,

Acabei comprando este livro, em uma das promoções online. Mas ainda não li, tenho outros na frente. :)

Estou lendo "A seleção" e amando!!!

Beijinhos!