Meme literário de um mês - #dia11


Dia 11 – O que faz um grande escritor? O que faz um grande livro? 
Quais são as qualidades essenciais em ambos, na sua opinião, para que eles estejam entre os melhores?

Uma boa história. Porque boa escrita somente não ganha o leitor, mas não acredito que seja impossível uma boa história com uma escrita ruim. Então, considero estes dois aspectos fundamentais para fazer um bom livro e um bom autor. O bom autor escreve uma ótima história, com uma boa escrita, que possui traços específicos dele. 


Para conferir os outros dias, clica aqui.
Beijo grande, 
Endryelle Santos.

6 comentários:

Teorias de Gi disse...

Verdade estes 2 itens são os principais! Um bom escritor faz um bom livro e vice versa, beijusssss seguindo aqui!

Ana Paula Barreto disse...

COncordo! E acho que um bom autor é aquele que cativa o leitor com sua forma de escrever, aquele que consegue prender nossa atenção.
Aliás, um autor excelente é aquele que sabe explicar e elaborar as coisas complicadas e transformar em algo simples de entender.
bjs

Patricia Gomes disse...

Concordo... o que prende o leitor é uma estória bem escrita com personagens marcantes que ficam para sempre em nossos corações.

Rafaela Ribeiro disse...

Concordo plenamente, Endry *.*

Um bom livro é aquele que tem uma boa história :)

Beijos ♥

Carla disse...

Fiquei pensando o que responderia nesta pergunta...acho que um grande escritor e um grande livro possuem elementos que os tornam singulares. Por vezes, a forma de abordar o tema é muito intensa, por outras, percebe-se uma criatividade absurda. Mas cá entre nós, um elemento SEMPRE fundamental é uma boa escrita (uso correto da língua).

Beijos!

Deborah disse...

Concordo em partes com você... Já vi alguns livros que tinham uma boa (ou ótima!) história, mas que o autor não soube desenvolver bem e acabou não ficando tão boa assim... Mas ter uma boa história já é mais que meio caminho andado...

Para mim, um bom livro é aquele que te prende de verdade, que te faz ler sem sentir que é obrigação, sabe?

Beijos!