[Diário]: Sobre cafeterias e a falta de cappuccino

Olá, queridos leitores! Como está sendo a sexta-feira de vocês? Muito trabalho ou um belo descanso? Eu estou trabalhando e os únicos problemas são a dor de cabeça que tomou conta de mim e as marchinhas de carnaval que não param de tocar aqui no shopping, onde fica a loja da mãe, UI! Enfim, vamos ao que interessa! Mais um post da Maratona de 5 posts em 5 dias. :) Eu nem acredito que já estou no terceiro post, Viva! Bom, continuando minha saga em Tramandaí/RS, não podia deixar de citar a minha falta de sorte (ou falta de competência/público) com o cappuccino nesta cidade. Primeiramente, saibam que eu não posso tomar café, pois sempre passo mal (estômago metido, aff) e então, aprendi a tomar cappuccino, que é mais fraco (e não acaba comigo). As primeiras coisas que percebi aqui em Tramandaí (em qualquer outro lugar que visito) são as cafeterias/livrarias e os sebos (sem contar as papelarias!). Vi que havia na cidade uma livraria/cafeteria, uma barraquinha/sebo, uma livraria com vários saldos e uma papelaria/livraria. Não pude resistir em conhecer, primeiramente, o sebo. Adoro sebo! E depois, parti direto para a livraria/cafeteria, pois estava doida por um cappuccino. Desde o final do semestre na faculdade que não bebia um. Ledo engano! Não havia cappuccino, somente café expresso. Como assim, produção?! Uma cafeteria não ter cappuccino é o fim. Enfim, fiquei com a vontade. Noutro dia, caminhando perto de onde estou trabalhando, encontro uma cafeteria/locadora. Nossa, que felicidade! Não, não, não! Sem cappuccino, também. Eu não conseguia acreditar. Fiquei eu e minha vontade, choramingando e reclamando desta cidade sem cappuccino. Até que, nessa terça-feira, tediosa e ventosa, eis que surge a minha felicidade: um cappuccino quentinho na cafeteria próxima da loja! Felicidade sem tamanho e vontade satisfeita. Mas para adoradores de cappuccino, um só não basta, tomei durante toda a semana, hihi :D Só não compreendi ainda foi a falta de cappuccinos nas outras cafeterias... Como pode?


Eu e meu maravilhoso cappuccino, nesta tediosa tarde de sexta-feira - véspera de carnaval, ui -, regada a marchinhas de carnaval... Só o cappuccino salva!

9 comentários:

Jessica Lauton disse...

Aqui em Parauapebas só a pouco tempo abriu cafeteria e eu não frequento muito. Mas café mesmo, o caseiro e coado, eu sou viciada. Café com leite então, se deixar eu tomo a tarde toda! Venho de uma longa linhagem de viciados em café, é a família toda! Adoro cappuccino, mas só tomo de vez em quando.
bjbj

Fernanda Luma disse...

adoro capuccino, e to adorando essa sexta pré-carnaval! huaheu

Lorena Rocco disse...

Amoo café! Tenho que parar um pouco por saúde mesmo... quando estou em casa, na rotina, tomo descafeinado. As vezes tomo um Cappuccino, mas não fã não...

enfim,
boa sorte em sua busca por cafeina e bom carnaval! ;)

Karolyn Petrucci disse...

Capuccino é tudo de bom.
Ainda bem que você encontrou, né?

Beijos, sweetie <3

Danni disse...

E eu que nunca tomei capuccino? rsrs Mas sou viciada em cereal, acho que ia ficar igual vc sem capuccino se nao tivesse cereal aqui em casa KKKKKK

Amei esse post, Endry! <3

Beijos :*

Ana Martins disse...

Sexta como uma tarde tediosa??? Véspera de carnaval? Vai aproveitar esse feriadão, ou espero que esteja aproveitando. Só não estou curtindo porque estou trabalhando, mas mesmo assim, ainda curti um churras.
Beijos

Jeys disse...

que chato :( #ngm merece né?!

Jaqueline Silva disse...

Cafeteria por aqui é algo que não existe, mas em casa sempre que posso compro aquelas latinhas que vende no supermercado e preparo em casa. Uma delícia, mas tomo mais o café preto mesmo. Já fui muito mais viciada, hoje em dia parei mais.

Não gosto de carnaval. Ainda bem que já acabou :x

Amanda Gomes disse...

Oi,
Primeiro comentário por aqui (apesar de visitá-lo por um tempo). Sou fascinada pelo seu Flickr e sinto muita, muita falta de suas fotos :)

Por aqui, nós ainda não temos uma cafeteria, mas felizmente minha mãe adora cappuccino e, por isso, ele nunca está em falta aqui em casa. Principalmente nas minhas épocas de prova (é a melhor coisa que tem)!

Adorei o post!

Beijos! :*