Eu li: O ano da leitura mágica - Nina Sakovitch


 
Livro: O ano da leitura mágica
Autora: Nina Sankovitch
Editora: Leya
Sinopse: Um desafio: ler um livro por dia durante um ano. Você aceita? Essa foi a promessa que Nina Sankovitch fez a si mesma. Após perder a irmã mais velha para o câncer, e embora precisasse cuidar dos quatro filhos e lidar com os percalços que fazem parte do cotidiano de uma grande família, Nina cria uma jornada para si mesma: ler um livro por dia durante um ano inteiro. Nesse verdadeiro sonho literário, nossa heroína descobrirá que o ano de leitura mágica mudará tudo ao seu redor e que os livros são uma ótima terapia.

“Não busque a felicidade. A própria vida é a felicidade.” (pág. 74)

“'Um dos problemas, me parece, é que temos em mente que os livros têm de ser algo difícil e que, a não ser que sejam difíceis, não nos fazem bem algum.'” (pág. 196)

Tenho de admitir que quando li esta sinopse ao ganhar o livro de Natal do meu namorado, eu pensei: - Meu Deus, como ela vai fazer isso? E eu que pensei que lia bastante! Pois bem, iniciei a leitura repleta de expectativa por um livro sobre livros, sobre o poder que ele tem. Aliás, sempre duvido de pessoas que duvidam deste poder. Nina conseguiu suprir todas as expectativas que eu tinha! Ela escreve de maneira simples, mas que não deixa de passar todo o encantamento dela pelos livros. Óbvio que toda a situação de morte da irmã e do que este fato causou na família é bem retratado, mas não fica só nisso. Nina sempre gostou de ler, aliás toda a sua família. Em todas memórias por ela descritas estavam presentes os livros. É incrível o amor dessa família pelos livros! Bom, além de se propor a ler um livro por dia, ela ainda resenhava no site Read-allDay.org. Imaginem isso: ler um livro com no mínimo 300 páginas por dia e ainda resenhá-lo no dia seguinte? Parece uma missão impossível, mas não foi. Ela conseguiu cumprir com seu desafio e ao longo dele, muitas transformações interiores foram acontecendo com Nina. Ela trás memórias do pai e da mãe, em tempos de Guerra, e de situações embaraçosas, por serem uma família de imigrantes. As memórias e, é claro, as citações de livros são os meus momentos favoritos. Ela faz citações maravilhosas, trás elementos incríveis de vários livros. Eu super recomendo a todos que adoram ler, adoram livros, desafios e boas memórias.

“'Se a ficção não está preocupada em entender, qual sua função? Ela serve apenas para passar o tempo?'. Mas ele já sabe a resposta. O propósito da grande literatura é revelar o que está escondido e iluminar o que está na escuridão.” (pág. 88)

“Não há vazio onde não há memória.” (pág. 157)

“Eu sabia que a brisa entrando pela janela era cheia de promessas de aventura, amor e diversão, promessas que estavam apenas esperando para serem cumpridas.” (pág. 174)

“Certo otimismo profundo é exigido: a crença de que os sonhos podem se tornar realidade.” (pág. 175)

3 comentários:

Júlia Galo disse...

Meu Deus, ela realmente cumpriu a meta de ler um livro por dia? E resenhou todos? Uau! Hahah. Adorei a resenha!

Jaqueline Silva disse...

Esse livro já está na minha lista de futuras leituras. Descobri esse livro em uma matéria de uma revista quando estava na cabeleireira. Ele me ganhou pela sinopse, a capa linda, e agora a sua resenha só fez aumentar ainda mais a minha vontade de lê-lo. Estou curiosa para saber como ela conseguiu cumprir com esse mega desafio. *--*

Beijão Endry :*

@dudsparrow disse...

oiee,
não conhecia este livro, mas achei super interessante. Poxa, eu que reclamo que não consigo ler um livro por semana, imagina um por dia :OO que sonho! Parabéns pra ela *o*
ótima resenha ^^
adorei aqui, ja estou seguindo :D
;*

dudsparrow.blogspot.com