Eu li: O sonho de Eva - Chico Anes

Autora: Chico Anes
Editora: Novo Conceito (parceira do blog)
Sinopse: Dra. Eva Abelar, autoridade mundial em sonhos lúcidos, é informada de que seu filho, Joachim, uma criança autista, desaparece na mesma noite em que sua irmã, Anna, pula do 20º andar de um edifício em São Paulo. Anna era a principal cientista do projeto DreamGame, invento revolucionário que permite à pessoa jogar enquanto dorme. Eva é convidada por Yume a assumir o lugar da irmã e, à procura de respostas, se envolve em uma trama perigosa, que alcança os limites dos desejos inconscientes do homem. Enquanto usa seus conhecimentos para desvendar a morte de Anna e reencontrar Joachim, Eva descobre o quanto a sociedade está vulnerável à tecnologia e aos estímulos subliminares, e como esses estímulos podem sequestrar a liberdade e extinguir o livre-arbítrio.

Este livro me surpreendeu muito. Primeiro, é de um autor nacional, em sua estreia. Segundo, ele é do novo selo da Editora Novo Conceito; o Novo Conceito Jovem. A capa e o kit montados pela editora estão impecáveis. Estava em dúvida de qual começar quando recebi a caixa de lançamentos da NC (adoro essas caixas recheadas de livros!) e a Aymée me indicou "O sonho de Eva", que ela estava lendo e gostando muito. O tema é extremamente intenso, mítico e muito bacana: sonhos lúcidos, ou seja, poder manter a lucidez enquanto se sonha. Parece meio estranho e até impossível à primeira vista, mas tenho de admitir que foi um ótimo tema para ser trabalhado. Chico tem uma escrita fluente, simples e muito cativante. Praticamente devorei o livro em pouco tempo. Eva, a personagem principal, é especialista em sonhos lúcidos. Ela acaba indo trabalhar em uma empresa super famosa que produz games, a Yume, para produzir o DreamGame após seu filho, que é autista, desaparecer e a sua irmã, que trabalhava na Yume, pular do 20º andar e acabar morrendo. O DreamGame é um jogo em que o jogador joga enquanto está sonhando. Eva aceita trabalhar lá, enquanto tenta descobrir o motivo que levou a irmã a se suicidar e tenta descobrir onde Joachim, seu filho, está. Várias questões sobre o perigo da tecnologia, conspiração, grana e outras coisinhas mais. Só tenho a dizer que é incrível e que eu me apaixonei por essa trama envolvente cheia de mistérios. Há outros personagens secundários, mas que me cativaram muito! Não vou contar mais, pois se não seria spoiler, certo?! Recomendo muuuito! Não deixem de ler "O sonho de Eva"!

Espero que tenham gostado! Comentem que logo, logo tem entrevista com o querido autor Chico Anes. Aguardem!

Beijo grande,
Endryelle Santos.

7 comentários:

Débora Jacqueline disse...

Olá,como sempre arrasando nas resenhas!:)
Adoro livros com mistérios,e esse tem,rs
Fiquei bastante curiosa para lê-lo.Parabéns,querida!

Gabi disse...

Oi

Eu comecei a ler o livro e não gostei muito. Deixei ele de lado, talvez eu tente novamente daqui um tempo!

Gabi

Deborah disse...

Tenho que admitir que de todos os livros da Editora Novo Conceito cujas resenhas já li, esse foi o que menos chamou minha atenção...

A única coisa que ainda me deixou um pouco curiosa foi Joachim - o nome (que adoro!) e o fato de ser uma criança autista me prendeu um pouco -, mas mesmo assim não sei se leria, não é o tipo de livro que me deixaria com vontade de comprar, sabe?

Beijos!

Amanda Olive disse...

AH! entrevista \o/
que legal, aah parece ser um bom livro, se eu não tivesse 3842356437 de livros para ler eu até que daria uma chance, mas quem sabe no futuro.

Estefanie Germanotta disse...

Nunca tinha lido nenhuma resenha desse livro. Conheci agora e parece ser muito interessante. Além da capa que é linda.
Seu blog é um encanto e já estou seguindo.

Beijos.
Coisas Fúteis

Jaqueline Silva disse...

Esse foi um livro que me surpreendeu muito, adorei lê-lo. O Chico escreve de uma forma incrível, consegue prender o leitor sem nenhuma dificuldade.

Amanda Almeida disse...

Oi Endry, tudo bem?
Gostei muito da sinopse do livro e fico a cada dia mais encantada e feliz de ver tantos livros de autores nacionais sendo lidos e elogiados. Esse em especial me parece bem inovador e fiquei muito curiosa.
Abraços,
Amanda Almeida