Meme literário de um mês - #dia24

Dia 24 – Cite um livro que você achou que não iria gostar e acabou adorando. Fale sobre ele. (Pergunta feita no Meme de 2011. Se você participou na época, procure comparar as respostas.)

Resposta de 2011: "Livro obrigatório, num período conturbado e com uma sinopse estranha (pelo menos naquela época - magistério - era estranho). "O quatrilho" - José Clemente Pozenato. Comecei a ler e não parei até terminar. Muiiiito bom! Depois na aula, assistimos ao filme - que eu não gostei tanto assim. Recomendo pra todo mundo!".

Hoje seria o livro "Guia da empreendedora descolada" - Caitilin Friedman e Kimberly Yori. Não é um livro de literatura e eu li porque tenho interesse na área do empreendedorismo (para quem não sabe minha mãe tem uma lojinha de presentes e decoração, quem quiser visitar o face, clique aqui). Eu achei que seria fraco e que não seria tão útil quanto é. Ele tem uma linguagem simples e super acessível e com dicas muito úteis. 


Para conferir os outros dias, clica aqui.

Beijo grande,
Endryelle Santos.

4 comentários:

Ana Paula Barreto disse...

O meu foi uma leitura obrigatória em época de vestibular. Quando comecei a leitura achei que fosse ter uma "treco" de tão chato. Dormi várias vezes no início.
Mas com o tempo, fui percebendo a riqueza da obra e me acostumando com o modo de escrever do autor. No final das contas, gostei bastante!
A obra é SAGARANA, de João Guimarães Rosa.
bjs

Patricia Gomes disse...

O meu também foi João Guimarães Rosa: o livro foi diferente, Primeiras Estórias... no começo foi bem difícil, mas depois gostei bastante!!

lovely melody disse...

Eu comecei a ler "O guia da empreendedora descolada" mas ainda não consegui terminar. Não sei, acho que talvez por ser algo um pouquinho "mais técnico" não tenha me chamado tanta atenção assim. Mas alguma hora vou terminar, pois não sou de abandonar uma leitura para sempre. :)

Beijos!

PS: "Primeiras estórias" é ótimo!! Amei!

Deborah disse...

Opa, mais um livro que eu nunca tinha ouvido falar... Curti a ideia do "O Guia da Empreendedora Descolada" e como às vezes me dá uma vontade louca de abrir meu próprio negócio, já tá na lista de livros para ler! Hehauehaue Tomara que seja fácil de encontrar...

Beijos!